2007

Este disco foi o terceiro que gravei, já beneficiando um pouco das experiências anteriores.
Gravei-o entre Agosto e Dezembro de 2007.
Algumas sessões foram tormentosas - apesar de ter as músicas bem ensaiadas, fui para estúdio ainda com bastante "trabalho de casa" por fazer (sobreposição de faixas, solos, vozes) e por isso nunca consegui gravar mais do que 2 ou 3 temas numa tarde.
Cada tema implicava depois ser ouvido e afinado nas sessões seguintes - multiplique-se isso por mais de 15 temas e ter-se-á uma ideia do trabalho que deu (dois dos temas - Deerhunter e Theme For Young Lovers - já estavam gravados do ano anterior).
Para cúmulo do azar, a meio das gravações constipei-me e lá se foi a pouca voz que tinha, tive mesmo que parar.
Além do mais o cansaço tira-nos lucidez, com uma constipação à mistura torna-se impraticável continuar.
Depois do Verão só podia fazer gravações aos Sábados, o que também trouxe naturais limitações - neste aspecto a disponibilidade do Tó Carlos foi impecável - estava sempre bem disposto, cheio de sugestões sensatas, disponível para trabalhar Sábados à tarde e sempre entusiasta - obrigado, Tó.
Numa das últimas sessões apanhei uma tempestade desfeita no caminho de Santo André para Porto Covo - caiu uma cortina de água abundante, obrigando a uma condução super-cuidadosa a 20 Km/hora com os quatro piscas ligados, aquilo foi dramático - ainda me lembro de ter pensado que era estúpido ter um acidente grave por causa da gravação de um disco, mas enfim lá consegui chegar inteiro a casa. 
Quero aqui agradecer ao Rui Veloso a paciência que teve em me explicar algumas coisas básicas sobre mistura e re-masterização de faixas sonoras - deve ter sido uma bela seca explicar o B-A-BA a um neófito que não percebe nada de estúdio.
Mais importante ainda foi o incentivo que ele me transmitiu, mostrando que levava a sério as canções que eu lhe mostrei - e mais, até apresentou boa cara quando ouviu a minha interpretação do "Não Queiras Saber de Mim", comentando diplomaticamente que ela representava uma outra leitura do tema.
Obrigado, Rui.

Voltar